Empregos

02/10/2019 01:31 metrojornal

Varejo e serviços devem abrir 103 mil vagas de emprego até o fim do ano

Os setores varejista e de serviços devem abrir 103 mil vagas de emprego até dezembro para as comemorações de fim de ano, 43,8 mil postos a mais que o previsto em 2018. A projeção é da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e da SPC Brasil, que ouviu 1.177 empresários.

O levantamento aponta um recuo de 72% para 69% na parcela de empresários que não têm a intenção de fazer contratações neste fim de ano, sejam temporários, informais, efetivos ou terceirizados. Por outro lado, subiu de 17% para 23% o percentual dos que contrataram ou devem contratar ao menos um novo colaborador.

Para o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, os dados podem sinalizar que o mercado de trabalho começa a reagir de forma mais efetiva diante da lenta melhora na atividade econômica. “Embora o movimento ainda esteja longe de ser suficiente para fazer frente ao elevado número de desempregados no país, já há indícios de um reestabelecimento da confiança do empresário.”

A maior parte (48%) dos empresários deve contratar mais este ano, enquanto 37% planejam abrir o mesmo número de vagas. Apenas 9% pretendem contratar menos.

O quadro reflete o otimismo com as vendas para o período. Para 58% dos empresários, os resultados de 2019 prometem superar os do ano passado, um aumento de 17 pontos percentuais ante 2018. Para 26%, o desempenho será igual e apenas 9% acreditam em números piores. A expectativa é de um crescimento médio de 17% nas vendas neste fim de ano. Em 2018, esse número era de 8%.

Para as posições temporárias, quatro em cada dez (41%) devem permanecer por três meses, enquanto 23% ficarão por dois meses e 12% apenas um mês. A maior parte dos empresários (40%) tem a intenção de efetivar os temporários.

arte perfil vagas fim do ano

Idade média: 28 anos
Remuneração média: R$ 1.597
Carga horária: 7,6 horas/dia

Cargos mais demandados
31% – Ajudantes
26% – Vendedores
9% – Balconistas

Modalidade de contratação
49% – Informais
45% – Registrados pela própria empresa
28% – Terceirizados
52% – Temporários

Fonte: CNDL/SPC Brasil *Intenção dos empresários


RECEBAINFORMATIVOS

Receba novidades sobre vagas de emprego e notícias do site em seu e-mail

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.
Copyright 2010-2017 INFORMA ABC © Todos os direitos reservados.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo