Rede de Gestores

25/02/2019 21:47

3 dicas para medir o engajamento de um funcionário

O comprometimento do funcionário impacta diretamente diversas áreas dentro de uma empresa, desde a satisfação do cliente,produtividade, até a organização de custos. E com a escassez de mão de obra qualificada no mercado, é mais importante do que nunca tornar este engajamento uma prioridade.

No entanto, essa não é a realidade da maioria das empresas no Brasil. De acordo com uma pesquisa da SocialBase, 20% dos profissionais não estão felizes onde trabalham e buscam novas oportunidades. Além disso, outros 49% revelam que empreender será seu próximo passo na carreira. Ou seja, 69% dos profissionais buscam se recolocar de outra forma no mercado de trabalho. Segundo o estudo "Tendências Mundiais para o Capital Humano" da Deloitte, apenas 13% dos colaboradores estão realmente engajados.

Mas como saber se sua força de trabalho está realmente comprometida? Seguem aqui alguns passos que te ajudarão a melhor avaliar o envolvimento dos funcionários de sua empresa.

1 - Defina o que é engajamento

Antes de avaliar o envolvimento dos funcionários, é preciso definir o que isso significa para sua organização. Infelizmente, o termo é ambíguo e não existe uma definição única. Algumas empresas o definem simplesmente como um sentimento de felicidade ou satisfação no trabalho, e outras, como um compromisso com as metas organizacionais.

Mesmo que a definição exata varie de acordo com cada empresa, existem aspectos em comum que devem ser focados. Geralmente um funcionário é mais comprometido quando:

- Está alinhado aos objetivos e missões da empresa

- Sente-se confiante em relação à empresa e sua liderança

- Recebe regularmente feedbacks e reconhecimento, além de discussões sobre o seu progresso

- Tem um superior preocupado com o funcionário e que incentiva o seu desenvolvimento

- Sente uma conexão social positiva com seus colegas de trabalho

- Tem senso de propósito e sente que suas tarefas são uma contribuição importante

- Tem oportunidade de crescimento e desenvolvimento profissional e pessoal

- Sente que é importante para a empresa, equilibrando a vida profissional e pessoal

- Sabe quais as expectativas sobre seu trabalho e recebe treinamento e materiais adequados para fazê-lo de forma efetiva

2 - Realize pesquisas frequentes

Existem diversas formas de medir o engajamento dos colaboradores, porém, o mais importante é a frequência com que são realizadas. À medida que os novos funcionários ingressam, a própria empresa muda, assim como as opiniões em geral. É importante ter uma visão atual e precisa do envolvimento dos funcionários para poder agir sobre isso. Para isso existem algumas maneiras mais comuns de medir esse engajamento:

Pesquisas e Feedback

É comum que as empresas distribuam ao fim do ano uma pesquisa para seus funcionários, mas ela por si só não costuma ser suficiente. Essas pesquisas tendem a ser curtas. O ideal é que questionários de feed back sejam regulares, com uma periodicidade mensal ou trimestral. E devem conter os mesmos itens, permitindo assim checar possíveis mudanças ao longo do tempo. Se você ainda não fez uma pesquisa como essa, uma boa forma de iniciar é enviando um questionário que contenha um mix de perguntas qualitativas e quantitativas, escalonadas, que possibilitem respostas livres para a captação de dados de referência.

Garanta também que este feedback aconteça de forma anônima. Você deve ser transparente quanto aos resultados e também deve comparar os resultados obtidos com os de empresas concorrentes. Dessa forma, você poderá entender o empenho da sua empresa dentro do universo escolhido.

Sugestões de tópicos para respostas do tipo concordo - não concordo:

- Eu me vejo trabalhando nessa empresa em 2 anos

-Os líderes da companhia mantêm as pessoas informadas sobre o que está ocorrendo

-Eu tenho acesso ao aprendizado e desenvolvimento necessários para fazer meu trabalho da melhor forma possível

NPS do funcionário

Sendo um provedor de serviço, você provavelmente está familiarizado com o Net Promoter Score (NPS), ou a escala 1 a 10 que mede a lealdade do cliente. A mesma escala pode ser utilizada para avaliar a fidelidade do colaborador. Ao invés de perguntar o quão provável seria para eles indicarem seu produto ou serviço, você deve perguntar "O quão provável seria pra você recomendar para um amigo trabalhar nessa empresa?". E em seguida faça uma questão aberta, ! como: "Qual o motivo para sua nota?", assim você consegue avaliar o feeback e entender como melhorar.

Encontros um por um

Uma maneira mais informal e que potencialmente pode ser uma forma mais valiosa para medir o comprometimento do funcionário é realizar encontros individuais periodicamente. A privacidade proporciona um ótimo ambiente para entender o que está se passando com seus funcionários e como eles se sentem a respeito do trabalho. É importante que as pessoas sintam confiança em compartilhar detalhes sem se preocuparem com possíveis consequências. Você também pode aproveitar esse momento para falar a respeito do crescimento profissional.

Algumas perguntas que podem guiar a conversa:

-O que você tem pensado nessa semana? Algum novo desafio?

-Você se sente confiante quanto ao desenvolvimento da empresa?

-O que aconteceu de bom ou de ruim nos últimos [período de tempo]?

-Tem alguma habilidade que você gostaria de desenvolver no trabalho?

Entrevista com atuais funcionários

Você provavelmente já ouviu falar ou até mesmo fez entrevistas com pessoas que saíram da sua empresa. Nessa conversa você coletou informações dos funcionários antes deles saíram da companhia. Apesar de serem efetivas, o lado negativo é que provavelmente já é muito tarde para consertar o que está errado em relação à pessoa que vai se desligar. Mas você pode entrevistar os funcionários atuais e elaborar perguntas a respeito do que faz com que eles fiquem na organização. Isso te dará uma ideia sobre o que está dando certo e como você pode melhorar. E, ainda mais importante, como você pode manter seus funcionários.

Aqui estão sugestões para você incluir na entrevista:

-Como é a relação entre você e seu superior?

-O que torna um dia normal em um bom dia de trabalho?

-Pode me dizer algo que você mudaria na sua função?

3 - Coloque em prática

Lembre-se que mensurar o comprometimento dos trabalhadores da sua empresa é somente o primeiro passo. Logo após ter em mãos o feedback e resultados, comunique-os para todos na instituição. Dessa forma, seus funcionários saberão que você está ciente do feedback e que tem interesse em tomar as decisões necessárias para realizar melhorias.

Morris Menasche é Vice Presidente de Vendas da ClickSoftware para América Latina, líder no fornecimento de soluções para a gestão automatizada e otimização da força de trabalho e serviços em campo.


RECEBAINFORMATIVOS

Receba novidades sobre vagas de emprego e notícias do site em seu e-mail

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.
Copyright 2010-2017 INFORMA ABC © Todos os direitos reservados.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo